Áreas da Urologia Geral

As doenças urológicas são associadas ao envelhecimento e a nossa população tem aumentado a expectativa de vida. Os homens ainda vivem, em média, 7,6 anos a menos que as mulheres. São 4 milhões de mulheres a mais que homens aqui no Brasil.

São mulheres que perdem seus parceiros precocemente. Perdas que poderiam ser evitadas se os homens se cuidassem melhor.



Cirurgias minimamente invasivas


A urologia foi pioneira em procedimentos pouco invasivos. Há relatos de uso de cânula que permitiam o exame endoscópico da bexiga desde a antiguidade.


Há poucas décadas, aprendíamos nas cadeiras de medicina, a máxima: "grandes cirurgiões, grandes incisões."

A urologia abraçou a laparoscopia e, atualmente é a especialidade que mais utiliza tecnologias como os sistemas robóticos para assistir cirurgias laparoscópicas.


A endourologia (diagnóstico e tratamentos endoscópicos através de câmeras no sistema urinário, semlhante as endoscopias digestivos, porém com equipamentos muito mais delicadas e de menor calibre), permite a visualização e o tratamento de diversas doenças urológicas, de forma pouca invasiva, resultando em rápida recuperação.


Atualmente, diversas cirurgias de alta complexidade são realizadas por via laparoscópica (pequenos orifícios que permitem a introdução de instrumentos cirúrgicos sem a necessidade de incisões maiores).


Urologistas experientes em laparoscopia, transformaram esta via de acesso como padrão-ouro, ou seja, a primeira opção para a realização de diversas cirurgias, sejam elas: renais, na bexiga ou próstata.


Câlculos renais (urolitíase)


Os cálculos urinários, também conhecidos como pedras nos rins, são as principais causas da temida cólica renal ou reno-ureteral.


CAUSAS

A doença tem várias etiologias, isto é, vários motivos favorecem o desenvolvimento de câlculos na urina. A causa mais importante é a pouca ingesta de água. Seguida da deficiência de citrato urinário, infecções renais, cirurgias para obesidade, entre outros.


SINTOMAS

O sintoma mais temido acontece na passagem dos câlculos renais pelo canal que liga os rins a bexiga, e é a dor, a cólica renal. Entretanto, os câlculos também pode favorecer infecções urinárias e sangramentos na urina.



Problemas Prostáticos


A PRÓSTATA

A próstata é um órgão do sistema reprodutor masculino. Fica localizado logo abaixo da bexiga do homem, sendo responsável por parte da produção do ejaculado durante o ato sexual. A próstata fica circundada de órgãos importantes, tais como: bexiga, intestino, esfincter urinário (conjunto de músculos que permitem a continência urinária e pelos feixes nervosos que promovem a ereção.


HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA

O aumento benigno da próstata está relacionado ao envelhecimento masculino. Geralmente, após os 50 anos, ela causa obstrução infra-vesical, isto é, causa uma obstrução logo abaixo da bexiga, dificultando a micção e enfraquecendo o jato urinário.



Disfunções sexuais masculinas

​​

Provavelmente, o principal ”inimigo” do pênis é o seu próprio dono, que de uma forma ou de outra é o

principal responsável por vários problemas. A principal causa de impotência abaixo dos 40 anos, por exemplo, é psicológica.

Depois desta idade, o homem ainda é mais responsável pela falta de saúde do seu pênis pois o sedentarismo, a uma alimentação rica em gordura, o diabetes, pressão alta e o fumo são causas relacionadas a impotência orgânica.


DOENÇA DE PEYRONIE - curvatura peniana adquirida.

Principalmente, nesta época da vida, após os 40, cerca de 9% dos homens refere que o pênis começa a entortar, é a chamada Doença de Peyronie.



Saúde do Homem