© 2015 Flavio Lobo Heldwein. Criado com Wix.com

SIGA-NOS:

  • LinkedIn App Ícone
  • Twitter App Ícone
  • Facebook Social Icon

Cirurgia de Implante (prótese peniana)
Os implantes penianos (ou próteses) são dispositivos que podem restaurar, completamente, as ereções em muitos homens com disfunção erétil (DE) ou seja impotência.

 

Os implantes penianos requerem um procedimento cirúrgico e é a cirurgia mais comum realizada para o tratamento de disfunção erétil.

Anatomia:

O pênis contém duas câmaras chamadas de corpos cavernosos, que correm o comprimento do pênis. Um tecido esponjoso preenche essas câmaras. O corpo cavernoso é cercado por uma espessa camada de cobertura, chamada túnica albugínea. O tecido esponjoso contém músculos lisos, tecidos fibrosos, espaços, veias e artérias. A uretra, que é o canal de urina e ejaculação, corre ao longo da parte inferior dos corpos cavernosos e também é cercada por tecido esponjoso, chamado de corpo esponjoso.

Como ocorre uma ereção?

A ereção começa com estimulação sensorial ou mental, ou ambos. Impulsos do cérebro e dos nervos locais fazem com que as artérias se abram e os músculos dos corpos cavernosos relaxem, permitindo que o sangue flua e preencha os espaços. O sangue cria pressão nos corpos cavernosos, fazendo com que o pênis se expanda. A túnica albugínea ajuda a prender o sangue nos corpos cavernosos, sustentando assim a ereção. Quando as artérias se fecham novamente e os músculos do pênis se contraem para interromper o fluxo de sangue e abrir os canais de saída, a ereção é revertida.

Quando há problemas com as mensagens nervosas, as artérias e veias, ou a estrutura do próprio pênis, as ereções podem não acontecer, e um implante peniano é a melhor maneira de restaurar as ereções.

Tipos de implantes penianos


Existem dois tipos principais de implantes:
 

Implantes maleáveis: implantes maleáveis ​​geralmente consistem em hastes pareadas que são inseridas cirurgicamente nos corpos cavernosos para tornar o pênis firme. O paciente pode ajustar manualmente a posição do pênis dobrando-o, contendo as hastes, para cima, para baixo ou para o lado.

O ajuste não afeta a largura ou o comprimento do pênis e não pode ser flácido.

 

Implantes infláveis: Os implantes infláveis ​​consistem em cilindros pareados (como câmaras internos pneumática), que são cirurgicamente inseridos dentro do pênis e podem ser preenchidos ou esvaziados para causar uma ereção ou um pênis flácido usando fluido. Os tubos conectam os cilindros a um reservatório de fluido e uma bomba, que também são implantados cirurgicamente.

O paciente insufla os cilindros pressionando a pequena bomba, localizada sob a pele no escroto, e os implantes infláveis ​​se enchem de líquido, expandindo o comprimento e a largura do pênis. Pressionar uma válvula faz com que o implante esvazie deixando o pênis

Razões para considerar um implante peniano
 

  • Taxas de satisfação do paciente:

Os pacientes relatam uma taxa de satisfação de 98% para implantes penianos infláveis.


Taxas adicionais de satisfação do paciente: Os pacientes tratados com um implante peniano parecem estar significativamente mais satisfeitos com sua opção de tratamento do que aqueles tratados com medicação para DE ou com outras opções de tratamento.

 

  • Um tratamento definitivo para a disfunção erétil: Uma prótese peniana não é perceptível quando seu pênis está flácido. 

 

  • Tempo Mínimo de Recuperação: Todo homem é diferente, mas um tempo típico de recuperação após um procedimento de implante de prótese é de três a seis semanas. Depois de se recuperar totalmente, você poderá começar a desfrutar do sexo com penetração novamente.

 

  • Custo-benefício: Os implantes penianos têm demonstrado ser o tratamento de ED mais econômico em um período de 10 anos.

 

  • Cobertura do plano de saúde: Os implantes penianos são prescritos por um médico e, alguns deles, são cobertos pela maioria dos planos de seguro.

Incontinência Urinária Pós-Prostatectomia
 

  • Taxas de satisfação do paciente:

Os pacientes relatam uma taxa de satisfação de 90% após a colocação do esfincter artificial.

  • Um tratamento definitivo para a incontinência urinária pós-prostatectomia: Um esfincter artificial é pouco perceptível e seu mecanismo de ativação fica localizado na bolsa escrotal, abaixo da pele. 

  • Cobertura do plano de saúde: Os esfincteres são prescritos e colocados por urologistas com experiência em colocação de próteses. Alguns deles, são cobertos pelos melhores planos de saúde.

  • O Dr Flávio coloca os esfincteres no Hospital BaiaSul (Florianópolis) ou no Hospital Albert Einstein (SP).

Para homens com um grau mais severo de incontinência urinário ou que precisaram radioterapia após a prostatectomia radical, o esfíncter urinário artificial pode ser muito eficaz.

Completamente contido no corpo, o esfíncter artificial não limita as atividades de um homem e está em uso há mais de 40 anos.

O Professor Heldwein iniciou sua experiência com a colocação, bem como com as eventuais trocas/revisões com o esfincter AMS 800, em 2005.

@uroonco