© 2015 Flavio Lobo Heldwein. Criado com Wix.com

SIGA-NOS:

  • LinkedIn App Ícone
  • Twitter App Ícone
  • Facebook Social Icon
Pedra nos rins
Cálculos urinários - urolitíase
Prevenção

Os cálculos urinários, podem surgir por inúmeras alterações em cada indivíduo, desde baixa hidratação até causas genéticas.

O Prof Flávio tem experiência em investigação metabólica, medidas eficazes de prevenção recomendadas pelas associações internacionais sobre o tema, além de expertise em tratamentos minimamente invasivos para a retirada de cálculos através da endourologia.

  • Análise físico e química dos cálculos.

  • Recomendações atuais.

  • Investigação metabólica com urina de 24 horas.

  • Dietas e tratamentos preventivos, naturais e farmacológicos.

Tomografia computadorizada demonstrando 3 cálculos no rim esquerdo.
Medidas preventivas = menor recorrência de cólicas renais no futuro.
Ureteroscópio flexível
fragmentação da pedra com uso do laser Holmium.
Ureteroscópio flexível - imagem infra-renal por endoscopia urinária.

Cirurgias

Endourologia

  • Ureteroscopias

  • colocação de cateteres ureteres Duplo J

  • Pielografias

  • Punções renais

  • Nefrostomias percutâneas

  • Nefrolitotripsia percutânea tradicional

  • Mini-Perc  

  • Ureterolitotripsia com laser

  • Ureterorrenolitotripsia flexível com laser

  • Cirurgia retrógrada intra-renal

Nos dias atuais, com a redução do calibre das câmeras que visualizam todo o trato urinário e o uso de laser para fragmentar ou pulverizar as pedras, podemos tratar cálculos localizados na bexiga, ureter e, inclusive, intrarenais, através da ureterorrenolitripsia flexível.

Essas cirurgias, para tratamento da litíase urinária, geralmente, são cobertas pelos planos de saúde, devido ao custo do material descartável utilizado.

Realizamos essas cirurgias no Hospital Baía Sul, em Florianópolis. Trata-se do um Hospital moderno e equipado para o tratamento endourológico da forma minimamente invasiva, sem cortes.

A nefrolitotripsia percutânea é o tratamento tradicional, através de um corte menor do que 1 a 3 cm, localizado nas costas do paciente, onde o nefroscópio rígido ou o flexível examina o rim e permite o tratamento de cálculos mais volumosos, geralmente, maiores do que 2 centímetros.

A nefroscopia flexível, equipamento pessoal do Professor Flávio, permite acessar cálculos renais volumosos através de uma única punção, minimizando o risco de complicações.

Além da localização infra-renal, a densidade (dureza) da pedra, e fatores do próprio paciente (tais como: peso, preferências), podem ajudar a escolher a melhor via de acesso para tratamento dos cálculos urinários.

Vídeo explicativo de ureteroscopia pelo Dr Flávio Heldwein